harry potter 6

Sometimes a cigar is just a cigar. – Freud

A escritora J.K. Rowling, com Harry Potter and the Half-Blood Prince, redimiu-se com os seus leitores.
A perda de rumo que a escritora revelou no Harry Potter and the Order of the Phoenix, que podia ter tido uma leitura mais agradável se tivesse sido reduzido a metade, não aconteceu com Half-Blood Prince. A leitura é, desta vez, feita de forma fluí­da e tudo o que está escrito tem a sua razão de ser. “Harry Potter” em Half-Blood Prince não é o mesmo adolescente irritante, pateta, imbecil, petulante do ano 5 e isso é um dos aspectos que torna o livro mais interessante.
Considero, ao contrário de algumas opiniões, que Potter ainda não perdeu a sua magia e isso apesar dos clichés que lhe possam ser aplicados ou de as histórias assentarem, sempre, como alguém já escreveu, nas mesmas premissas:

1. Harry isn’t allowed to leave for school
2. Everyone is in awe of him.
3. Something happens and people hate him.
4. He must find out the mystery
5. He solves it, people love him again.
6. (Add in for later books, someone has to die.) (in sffworld.com)

Tudo isto tem o seu devido fundamento, mas para mim os livros de Harry Potter, “o universo Potter”, existem apenas como histórias de fantasia de puro entretenimento.
Fico, muito naturalmente, a aguardar a continuação da saga.

0 respostas

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.