Archive for month: Novembro, 2007

cores

21 Nov
21.11.2007

Gosto do colorido da imagem.

the brave one

19 Nov
19.11.2007

Erica: I always believed that fear belonged to other people. Weaker people. It never touched me. And then it did. And when it touches you, you know… that it’s been there all along. Waiting beneath the surfaces of everything you loved.

from imdb

Excelente FILME. Excelente banda sonora.
The Brave One com Jodie Foster provocou uma descida da temperatura na sala do cinema.

“bom dia apesar de estar um dia muito cinzento”

19 Nov
19.11.2007

Céu carregado de nuvens escuras, está a chover, seguro no guarda-chuva, não me esqueci, árvores a bracejar, tento manter o corpo quente, esfrego as mãos, mudo de posição, vento frio, troco de mão o guarda-chuva, algumas folhas caem, amarelas, verdes, eis o Outono a espreitar, carros deslizam na estrada, olho para o lado, espero alguém, outra distracção, rugas junto aos olhos, preciso limpar os óculos, profundas, ouço-a sem a perceber, irritam-me as gotas no vidro, caem mais folhas, ela não se cala, mas não tenho as mãos livres, lembro-me da anedota, falam muito porque têm 4 lábios, quatro lábios?, não seriam 6?, “ainda bem que te vi“, é um ponto de vista, “bem, vou buscar o miúdo à escola“, casada?, ou pelo menos mãe, não fazia ideia, matuto, um beijo, outro beijo, sorriso forçado, está a afastar-se, finalmente, viro-lhe as costas, gelado, mas contente.

no café

16 Nov
16.11.2007

Mais conversa de café.
– O meu pai foi um grande filho-da-mãe. Um grande sacana. Valha-nos que a morrer não deu trabalho. Foi em três dias, contou f. com incontida satisfação

will & grace

12 Nov
12.11.2007

Jack: For your information, most people who meet me do not know that I am gay.
Will: Jack, blind and deaf people know you’re gay. Dead people know you’re gay.
Jack: Grace, when you first met me, did you know I was gay?
Grace: My dog knew.

Sei que Will & Grace acabou em 2006 (tristeza), mas é sempre delicioso rever os episódios na Fox e admirar as movimentações de Eric McCormack, Debra Messing, Megan Mullally e Sean Hayes. E ainda bem que algumas “nauseabundas” opiniões (via wikipedia) de pseudo entendidos não foram mais do que tiros ao lado.

© 1999.2018 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera