dilemas

Ontem decidi navegar por livros antigos de comics da Editora Abril. Navegava, porque folheava mais do que lia.
Admirava algumas imagens.
Demorava-me em algumas histórias. E numa dessas histórias – do Grey Hulk -, diga-se fraquinha, para o muito pobre, deparei-me com estas palavras:

O mal não existe, apenas desculpas que o céu não aceita.

IHK 356 (1989)

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.