quis custodiet ipsos custodes

# Who watches the watchmen?

Desde 2005 que sonho em ver Watchmen no cinema.
A verdade é que não vou ver Watchmen em nenhuma sala de cinema. O que poderá acontecer é dar-me os desejos de o ver em DVD, não por qualquer feito visual surpreendente, que não existe, mas mais por sentir de outra forma o anti-herói, Rorschach.

Os motivos são vários, mas há um que se destaca. Não me lembro de ver um filme baseado num livro que verdadeiramente me tenha satisfeito. Fico sempre com um sabor amargo na boca.

Adorei a novela gráfica Watchmen (1986-1987) que é sem dúvida um marco nos comic-books. Recebeu dois prestigiados prémios: Kirby e Eisner. Já a reli por diversas vezes e não quero perder aquele gosto de satisfação que fica sempre que a folheio. Por isso, e ao contrário do que tenho escrito, não contem comigo na sala de cinema.
E para aqueles que irão tomar pela primeira vez conhecimento desta obra informo que o filme não é de super-heróis, não é de aventuras juvenis e moralistas à moda do homem-aranha.

Esta decisão foi tomada da mesma forma para o filme “Quem Quer Ser Bilionário” e revelou ser uma decisão ajuizada.

0 respostas

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta