túneis, o segredo da cidade eterna

Rebecca, do seu lugar privilegiado no cimo das escadas, estava perfeitamente colocada para observar enquanto tudo se desenro­lava. Na semi-escuridão do vestíbulo lá em baixo, uma coisa qual­quer metálica relampejava para trás e para a frente e de um lado para o outro, e conseguia ver uma cara tresloucada de fúria. A cara de Mrs. Burrows. Rebecca percebeu que ela segurava uma frigideira que brandia para a esquerda e para a direita como se fosse um alfange. Era a frigideira nova, com o fundo extra-largo e o revestimento especial anti-aderente.

São estes pormenores que tornam uma leitura ainda mais deliciosa.

Túneis, O Segredo da Cidade Eterna
Roderick Gordon & Brian Williams
Editora Casa das Letras, pág. 199
0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.