e mais uma

Apanhei se é que se apanha uma infecção urinária. Pareço uma grávida a ir de 5 em 5 minutos ao quarto-de-banho. Claro que de perfil talvez, engane alguém pela pujança corporal que tenho o prazer de beneficiar, e possa parecer uma grávida; mas nunca o seria pela frequência mictória. Orgulho-me de urinar durante 5 minutos ao mesmo tempo que desenho oitos.

Fiquei a saber que a infecção urinária é pouco comum nos homens. Assim, e se isto é uma demonstração do quanto sou especial, é uma demonstração da merda.
Os motivos para um homem ter uma infecção do trato urinário são vários. Um deles é o excesso de relações sexuais.

Recordei-me, tendo em conta que tenho os sintomas desde 3ª feira passada, que o meu filho foi já no dia 9 dormir a casa dos avós paternos. Ficou duas noites. Por isso ficamos, eu e a minha mulher, apenas com a filha de quase três anos em casa. Mal ela adormecia por volta da 1 da manhã os pais dessa menina noctívaga dedicaram-se a um sexo puro e duro ao estilo “quando não tínhamos filhos” durante 2 noites. Foi a loucura total. Entre nós e os coelhos a diferença era não existir diferença.

pausa

ao ler este último parágrafo sou obrigado a reflectir e alterar um ponto que convenhamos é de pouca importância. Seria agradável quando eu orgulhosamente informasse os meus amigos da minha infecção urinária e perante a questão “Como te foi acontecer isso?” pudesse dizer “foi sexo a mais”. Isto seria a loucura total. É, pois, este ponto que deve ser esclarecido. Assim que o rebento feminino da casa adormeceu também adormeceram os restantes membros da casa. Além de que os sintomas começaram na 3ª feira. É triste, mas é a verdade pura e dura.

Mas é bom sonhar.

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.