a mulher fantasma

– Vamos voltar para o Anselmo, onde nos conhecemos? Tomaremos uma última bebida e separar-nos-emos. Você toma o seu caminho e eu vou pelo meu. Gosto de círculos completos.
“Que geralmente são vazios no meio”(…)

página 23

Chegado à página 29 pensei. Não me digam que agora vai ser só isto: a procura da mulher desconhecida. Que cena.
Claro que avancei mais na leitura e devo dizer que é uma obra excelente. Adorei as movimentações das personagens. E o final tem tudo o eu esperava e acima de tudo uma reviravolta louca.


A Mulher Fantasma, de William Irish [1]
[1] Pseudónimo de Cornell Woolrich

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.