sherlock holmes

Sou um grande fã de Sherlock Holmes. Tive a felicidade de a minha mãe me oferecer em 1983 a obra completa de Sherlock Holmes editada pelo Círculo de Leitores. Li, por isso, todas as suas aventuras com 15 anos e foi e é sempre um fascínio mergulhar nas suas aventuras.

Não irei dizer que Robert Downey Jr. foi até à data o melhor Holmes. Direi antes que é uma personificação diferente da criada por Jeremy Brett que verdadeiramente me cativou. Robert Downey Jr. traz-nos um Holmes audaz, atrevido, exímio lutador de boxe, excelente mestre em disfarces, terrivelmente lógico e possuidor de uma implacável dedução. Este Holmes é, arriscarei dizer, mais(?) real. E com isso não ofende a criação máxima de Conan Doyle, apenas a aproxima nas suas particulares e fascinantes idiossincrasias.
Por seu lado Watson tem a melhor representação de todos os tempos. Jude Law dá-nos de bandeja um Dr. Watson agradável de ver e um competente companheiro de aventuras.
A inclusão de outras personagens, digamos secundárias, retiradas de aventuras diferentes de Sherlock Holmes todos num mesmo filme não me aborreceu.

O filme de Guy Ritchie recria, em suma, com mestria personagens deslumbrantes numa Londres vitoriana sombria, decadente – aqui Londres é também uma personagem com vida própria. Estou, pois, ansioso por uma sequela na qual Holmes se confronte abertamente com o seu “Napoleão do Crime”: Moriarty.

2 respostas
  1. Bongop
    Bongop says:

    Esse filme ainda não tive tempo de ir ver, raramente consigo ir ao cinema! Ver o Avatar já foi um prodígio 😀
    Mas gostei muito dos trailers do Sherlock 🙂

    Abraço

    Responder

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.