dizem que…

Dizem que dá azar um gato preto cruzar-se no nosso caminho – azar para nós, não para o gato…

Hoje a caminho da escola estava abraçado às pedras da ruela um gato preto. Este levantou-se voluptuosamente e caminhou sempre à minha frente, parava, calculava a distância, retomava a marcha e eu só pensava se estaria sujeito a um maior azar pelo facto de ter um gato preto a percorrer o mesmo trajecto que eu. Parava continuamente e sem olhar para trás o gato lá retomava a marcha. Só a três metros do fim da ruela é que o gato preto se introduziu na vegetação do lado direito. Saiu do meu campo de visão, mas não da minha memória.

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.