alguém

Alguém, aparentemente, do sexo masculino, nos dias que correm todo o cuidado é pouco, ao cruzar comigo olhou com curiosidade para a zona da minha braguilha. Levei a mão ao dito lugar e sossegado constatei que o fecho das calças de ganga estava fechado e que o falo mantinha-se inerte, mas vigilante.

Questionei-me, será que o meu corpo elegantemente forte já só atrai gays e não gajas boas?

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.