ngm, janeiro de 2010

07 Jan
7.01.2011

Ontem ao pegar na última revista “National Geographic Magazine” descobri, mais uma vez, porque deixei de comprar revistas com aquela regularidade mensal que estava habituado e porque cancelei todas as assinaturas.

A “National Geographic Magazine” que tinha nas minhas mãos era de Janeiro de 2010. Demorou um ano para ser lida? folheada? Já sei que tenho uma boa palete de leitura constante na mesa de cabeceira, mas este atraso é algo de diabólico – no mínimo.
É por isso que agora só compro revistas especificas. Entre as imensas leituras e as cada vez mais escritas é a solução para não aumentar a palete.

Estou naquela fase em que os contos que escrevo são mesmo bons, com enredos poderosos, personagens obsessivas. Ainda não os deixei sair ao lume, com a excepção de alguns familiares/amigos que dizem que sou bom como o cara****. Que remédio têm eles. Só faltava até o meu estreito círculo familiar/amizade arrasar a minha periclitante auto-estima.

Tags: , ,
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

© 1999.2018 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
%d bloggers like this: