mulher e arma com guitarra espanhola

– A situação tornou-se insuportável – disse ele, devagar. – Tentei reagir, mas não consegui. Experimentei outras mulheres. Você sabe como é, Maynard. Nos meus bons tempos, esquecia uma mulher procurando outra. Mas isso era nos meus bons tempos. Agora, só Nora me ocupava o pensamento. E quanto mais ela me atraiçoava, maior era o meu desejo dela, a minha paixão. Um estado patológico. Qual é o nome científico que isto tem?
– Parvoíce – disse eu.

página 23

Dinis Machado aka Dennis McShade ofereceu-me com “Mulher e Arma com Guitarra Espanhola” umas horas de boa diversão. Excelente.

Uma edição oportuna do Círculo de Leitores

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.