Archive for month: Fevereiro, 2011

mate?

27 Fev
27.02.2011

new? graffiti that exists at the train station in barcelos.

a promessa de kushiel

26 Fev
26.02.2011

A saga de Kushiel à semelhança da saga “Sangue Fresco” é uma aposta, quanto a mim, ganha pela editora Saída de Emergência. As traduções são bastante cuidadas. E se em “Sangue Fresco” é Renato Carreira a dar as cartas (o tradutor responsável pela tradução do livro “Nação) e bem, em “Kushiel” Teresa Mar­tins de Carvalho tem, igualmente, feito um excelente trabalho numa escritora que me parecia, pela leitura em inglês de parte do “Kushiel’s Dart”, ser de dificílima tradução; Teresa Mar­tins de Carvalho revelou que sabe da “arte“.

“A Promessa de Kushiel”, com a tradução de Teresa Mar­tins de Carvalho, n.º 132 da Colecção Bang, foi uma leitura amoravelmente surpreendente.

Não deixou de ser bastante agradável depois de ler de rajada o “Dardo de Kushiel” e “A Marca de Kushiel” respeitantes ao livro “Kushiel’s Dart” (título original) – sim a versão portuguesa foi dividida em duas partes – e a primeira parte d’ “A Eleita de Kushiel” (“Kushiel’s Chosen”) ter já lido a segunda e última parte do volume dois.

Quem sofreu com isto foi o livro “Pátria” de R. A. Salvatore que encostei – temporariamente.

“A Promessa de Kushiel” peca por ter apenas 358 páginas que foram devoradas, não literalmente… claro. É uma saga que recomendo vivamente. Quanto a mim, agora vou adormecer mais sossegado; está na hora de ir para a cama

nudibranch v

23 Fev
23.02.2011

Várias fotografias de duas lesmas do mar bem grandes.
Foi a primeira vez que encontrei lesmas do mar deste tamanho – sortudo!

nudibranch iv

23 Fev
23.02.2011

Várias fotografias de duas lesmas do mar bem grandes.
Foi a primeira vez que encontrei lesmas do mar deste tamanho – sortudo!

nudibranch iii

23 Fev
23.02.2011

Várias fotografias de duas lesmas do mar bem grandes.
Foi a primeira vez que encontrei lesmas do mar deste tamanho – sortudo!

nudibranch ii

23 Fev
23.02.2011

Várias fotografias de duas lesmas do mar bem grandes.
Foi a primeira vez que encontrei lesmas do mar deste tamanho – sortudo!

nudibranch i

23 Fev
23.02.2011

Várias fotografias de duas lesmas do mar bem grandes.
Foi a primeira vez que encontrei lesmas do mar deste tamanho – sortudo!

nails and smile

22 Fev
22.02.2011

nails and face. smile and teeth.

rubber nipple

22 Fev
22.02.2011

bizarre display on the floor of rubber nipples.

nação

20 Fev
20.02.2011

“Nação” editado pela primeira vez em 2008 é já, arredondando, o 10º livro que li de Terry Pratchett. É o segundo livro, contando com “Bons Augúrios” em parceria com Neil Gaiman, que li fora do mundo “Discworld”.

“Nação” comprova, mais uma vez, que Terry Pratchett é um caso único na escrita de universos imaginários. Ele escreve não apenas bem, como convence com as suas criações. “Nação” decorre num universo paralelo, que é um tema igualmente querido a Philip Pullman, mais precisamente numa ilha dos mares do sul em finais do século XIX.

Não deixa se ser surpreendente que com a idade de 60 anos (nasceu em 1948), mas com um diagnóstico precoce de Alzheimer, que Terry Pratchett tenha criado uma grande obra sem idade sobre o amor, sobre a procura individual; uma história cheia de acção e repleta de mensagens. É uma obra de fina porcelana para ser lida por todos independentemente da idade.

© 1999.2018 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera