a festa do fumeiro

A Feira do Fumeiro foi o grande evento no Carnaval deste ano em Barcelos.
Há anos que qualquer barcelense digno desse nome ansiava por este evento. Estudos dependentes concluíram que a primeira Feira remonta ao ano 20 AC. Nesse altura e pelas descrições encontradas em papiros e por alguns frescos os homens exibiam com desenvoltura os seus fumeiros às raparigas que fugiam assustadas, soltando gritos, perante alguns exemplares execráveis.

pão, chouriça

[… pausa …]

Na altura a cidade não se chamava Barcelos, nem tinha 89 freguesias. Hoje Barcelos chama-se, pois sim, Barcelos e tem realmente 89 freguesias. Muitas vezes Barcelos não sabe o que fazer com tantas freguesias e à falta de melhor faz-se uma qualquer feira para festejar qualquer coisa. A Feira do Fumeiro é para mim isto; mais uma festa para enganar o povo e criar fantasias nas raparigas e em alguns rapazes – agora somos até, quase, mais modernos.

Ao contrário da anterior presidência nunca vi tantas festas, feiras, exposições que são de aplaudir (ora vejam eu a aplaudir: clap, clap, clap …………………). E o resto? Onde pára o desenvolvimento de Barcelos. Anteriormente não existia. Actualmente não existe.

Mas perante a cobiça de um tradicional fumeiro de uma das 89 freguesias ou de um qualquer talho ali, mesmo, da esquina eu até me esqueço do resto. Mordisco aqui, depenico ali, trinco um pedaço de carne gorda, sorvo uma caneta de tinto e é ver-me todo feliz a brincar com o meu fumeiro ao lado dos gigantones.

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.