que é feito do meu natal?

Enquanto espero pela continuação do excelente Asteroid Fighters descobri no stand Lobo Mau (Anigamix) um álbum (“Que é feito do meu Natal?”) das Edições Polvo a pedir para ser comprado e assim foi.

“Que é feito do meu Natal?” de Rui Lacas peca pelas suas poucas páginas (apesar de entender que são as suficientes para contar a história, mas também se compreende que se queiram sempre mais – é a gula das vinhetas!). De linhas firme, a preto e branco Rui Lacas traça com uma qualidade gráfica invejável a melancólica história de um qualquer Sr. Zé perdido de si; embrulhado numa vida que o abalroou à muito tempo; e enquanto percorre, aparentemente sem rumo, uma Lisboa inumana (sem alma), descobrimos que o seu tormento, quiçá simbolizado pela vinco em cruz vincado na sua testa, o empurrar para o desejo de se matar pode ser superado.

“Que é feito do meu Natal?” é uma história triste com laivos de esperança; acaba por isso de ser um hino à vida, mesmo quando atribulada.

Adorei este registo completamente diferente do Rui Lacas da aventura gráfica “Asteroid Fighters”.

4 respostas
  1. Bongop
    Bongop says:

    Olha, não tenho esse!
    Se o vir por aí à mão sou capaz de o comprar!
    Quanto ao Asteroid Fighters, bem, acho que desta vez a culpa não será das editoras com certeza!
    😀

    Abraço

    Responder

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.