nevoeiro e o sonhar…

23 Set
23.09.2011

Ontem à noite (ou hoje de madrugada) deixaram-me ficar a ler no sofá e adormeci, pois. Tive um sonho com umas cores muito vivas.
Acordei verdadeiramente satisfeito. E todos os acordares deviam ser assim: com os sonhos a não serem despedaçados sem dó nem piedade pelo raiar do novo dia.

Descobri ao tentar limpar as remelas com a ponta do dedo indicador que continuava com os óculos vestidos; aí estava a explicação da ausência de desvanecimento. Com os óculos consegui sonhar sem nevoeiro.

etiquetas: , , , , , ,
2 respostas
  1. Fiambre says:

    lolololol…..em certa parte vai de encontro ao que eu defendo…mesmo a ir para a cama temos que ir sempre impecáveis…cabelo penteado, dente escovado, um bom elixir, etc…nunca se sabe quem nos vai aparecer nos sonhos…por isso temos que estar apresentáveis eheh!

    Responder

deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© 1999.2020 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!
%d bloggers like this: