dracula: a symphony in moonlight

Drácula obra máxima de Bram Stoker teve tantas adaptações que é difícil encontrar nessa gigante palete alguma que seja simpática (com qualidade).

dracula: a symphony in moonlight

dracula: a symphony in moonlight

Jon J. Muth na sua novela gráfica “Dracula: A Symphony In Moonlight” conseguiu ir mais longe e reinventou a história original; e dizer que é uma novela gráfica é uma redução simplista.

dracula: a symphony in moonlight

dracula: a symphony in moonlight

Jon J. Muth numa combinação de espetaculares ilustrações e textos oferece um ambiente gótico verdadeiramente perturbador.
É uma obra que vale apenas pelas lindas imagens que podem ser lidas até fora do contexto da história.

dracula: a symphony in moonlight

dracula: a symphony in moonlight

O meu exemplar foi editado pela Abril Jovem em 1990; é o número um da colecção Graphic Album.

0 respostas

Deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.