Archive for month: Dezembro, 2012

a transformação

30 Dez
30.12.2012

Hoje pela madrugada dentro estava com os pés completamente gelados e o resto do corpo a tremer que nem decrépitas bandeiras de Portugal penduradas nas varandas ao sabor do vento. Quando o frio começou a subir pelas canelas e a alastrar pelos membros inferiores temi pela saúde do meu pénis e dos meus exuberantes testículos.
Estaria a transformar-me em vampiro? Claro que no clássico vampiro que pede licença para entrar em casa e não aquele que come vegetais ou anda à luz do dia. Um dos motivos que me leva a adorar os vampiros é esta refinada educação. O vosso deus, por exemplo, está em todo o lado e nem pediu permissão para estar neste preciso momento a ler o que estou a escrever por cima dos meus ombros.
Esta ideia romântica de transformação foi afastada pela resposta da minha mais-que-tudo, após ter bocejado um arrepiado “Estou cheio de frio e a tremer. O que se passa?”. “Olha que eu estou cheia de calor.” foram as suas palavras jocosamente apunhaladas nos meus ouvidos.

Assustei-me.

Estaria a minha energia vital a ser sugada? Passados estes anos todos seria a minha companheira de cama uma real Sil? Uma parasita cibernética do planeta “estou-realmente-lixado-da-cabeça“?
“Agora é que não me safo”, sussurrei para a minha almofada.
Senti uma mão a penetrar-me nas costas, a subir até ao pescoço e a dizer “Estás cheio de febre.” A mão e corpo saiu da cama e foi para a cozinha preparar qualquer poção diabólica ao melhor estilo de chá de Santo Daime. Soube isto quando me foi oferecido um copo de líquido branco e efervescente com um irritado “toma isto e vê se me deixas dormir”. Bebi calado e bem caladinho. Não me lembro de adormecer.

Acordei. A fêmea alfa já não estava na cama. Teria sido tudo um pesadelo?

as minhas leituras de 2012

24 Dez
24.12.2012
rhys hughes

rhys hughes

Este ano não foi um grande ano de leituras. Na minha teimosia li livros que sabia à partida não serem a minha onda – mas o que tem de ser tem muita força.

De qualquer forma destaco de uma pouca extensa lista alguns; a ordem é sem ordem:

  • O Pequeno Deus Cego, David Soares e Pedro Serpa (Kingping Books)
  • Infecção, Scott Sigler (Gailivro)
  • Compêndio de Segredos Sombrios e Factos Arrepiantes, David Soares (Saída de Emergência)
  • Strange Embrace, David Hine (Image)
  • Zobo: Les Tournesols de Mr. Vincent (tome 2), Jun Nie (Paquet)
  • Os Anormais: Necropsia De Um Cosmos Olisiponense [spoken word], David Soares (Necrosymphonic Entertainment/Raging Planet)
  • Os Ossos do Arco-Íris, David Soares (Saída de Emergência)
  • Li e reli os ebooks de Rhys Hughes – aquelas histórias são tão sumarentas.
david soares

david soares

O escritor português de eleição continua a ser David Soares – adoro as suas palavras e a sua imaginação saudavelmente doentia. Andar a ler pelas orelhas foi a grande boa novidade do ano. Recomendo Os Anormais: Necropsia De Um Cosmos Olisiponense e o seu Compêndio. David Soares é um escritor abelha que nunca pára na mesma flor e nos oferece obras em registos diferentes.

Apesar de ter descoberto novos autores estrangeiros Rhys Hughes é o que me dá mais gozo ler. Os seus escritos continuam surreais, paranóicos, delirantes, absurdos, cómicos – e isso é positivamente bom.

2013 vai ser um ano mais melhor bom; tenho programado para ler (uns comprados, outros ainda não):

  • The Brothel Creeper
  • The Truth Spinner
  • The Abnormalities of Stringent Strange
  • The Daylight War
  • O Reino mais Além das Ondas
  • David Soares tem lançamentos previstos para 2013
  • e muitos outros [ordem sujeita a alteração sem pré-aviso]

aço a preto e branco

21 Dez
21.12.2012

Em Viana do Castelo.
Estação da CP.

um novo boneco

18 Dez
18.12.2012

Outra decoração.

grades

14 Dez
14.12.2012

Uma grade.
Uma fechadura.
Outras coisas.
Na Sé da Guarda.

previsão de tempestade

14 Dez
14.12.2012

Ouvi assim de raspão que estava previsto a partir das 02h00 da manhã de hoje um temporal em Portugal e que deviam ser tomadas medidas de segurança extras.

Posso confirmar esta previsão. Na minha cama perto das 03h15 começou um violento tufão com uma garina, mas não me importei de estar dentro daquele quente turbilhão que me foi oferecido a preço de ouro. A única coisa que ficou em pé depois da tempestade foi o meu coiso ofegante.

Com um banho quente relaxei e dormi com um anjo. Vivam as previsões!


o vosso meteorológico BigPole

facets of faraway

14 Dez
14.12.2012

Mais histórias, mais diversão, mais momentos bem passados, mais Rhys Hughes.

Excelente.

periquito

13 Dez
13.12.2012

Um lindo exemplar de um periquito inglês.

sem óculos de sol

12 Dez
12.12.2012

Mais uma das imensas fotos tiradas na Quinta de Gatão.
Tenho de regressar a essa linda quinta um destes dias.

o boi e o jumento

06 Dez
6.12.2012

Aparentemente vai ser realizada uma grande manifestação de protesto da Comissão de Oleiros Iluminados Sempre Atentos (C.O.I.S.A.) junto à Igreja do Senhor da Cruz em Barcelos, em data a anunciar, pelo prejuízo que o sector está sentir pelo pouco escoamento de bois e jumentos.

Dezembro é a melhor altura para a exportação de jumentos para este mundo fora e agora vamos ficar com 90% deles. O país não pode avançar com tanto jumento por metro quadrado.” foi a ideia mais repetida pelo presidente da C.O.I.S.A.

A venda de bois não são uma grande preocupação do sector porque sempre serve para contrariar o excesso de vacas, nomeadamente a importação de vacas estrangeiras.

A anunciação de Bento XVI não veio, pois, no melhor momento.

© 1999.2018 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera