the slow regard of silent things by patrick rothfuss

Some days simply lay on you like stones. Some were fickle as cats, sliding away when you needed comfort, then coming back later when you didn’t want them, jostling at you, stealing your breath.

from The Slow Regard of Silent Things

Esta história de Patrick Rothfuss é realmente diferente, não me recordo de ter lido algo em que a personagem principal, Auri (tão frágil, tão forte), interage com objectos inanimados como se estes tivessem alma. Sem qualquer diálogo o livro narra sete dias da sua vida com uma mestria imparável.

É um história estranha, mas que adorei, porque existe “a place for everything and everything in its place

2 respostas
  1. Rita Monteiro
    Rita Monteiro says:

    Boa noite! Também estou ansiosa por ler este novo livro de Patrick Rothfuss, mas estava a espera do lançamento em português. Por acaso sabe quando vai ser lançado? Muito obrigada.

    Responder
    • paulo brito
      paulo brito says:

      O que posso dizer é que após uma pergunta no Twitter ele disse-me “para breve” – isso agora tudo depende da Leya que é a editora que gere a colecção 1001 Mundos.

      Responder

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.