prioridades

Ando realmente e totalmente alheio. Imerso na minha escrita, leituras, pesquisas, trabalho só hoje soube da morte de Mr. Nimoy. A verdade é que mesmo que soubesse não parava mais de dez segundos a pensar no assunto. Vivo com a dolorosa falta de quem realmente me faz falta e a amar perdidamente quem vive e me faz falta. São prioridades.

0 respostas

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.