a guerra americana de omar el akkad

03 Out
03.10.2018

Esta obra explora a fractura sempre presente – nunca sarada – entre o Norte e o Sul dos EUA para o início de uma possível Segunda Guerra Civil Americana. E as razões para uma guerra, como sabemos, não necessitam de ser muito complicadas ou sinuosas.

Neste livro de Omar El Akkad a história desenrolasse num futuro não muito longínquo e o motivo foi a proibição do uso de combustíveis fósseis pelo governo central.

O livro retrata as atrocidades da guerra, do seu impacto na sociedade como um todo e nas vidas individuais. A história desenvolve-se muito bem e conforme vai deixando marcas nas suas personagens principais, também o faz no leitor – leitura que obriga a paragens e reflexões.

O que se retém ao fim e ao cabo, num resultado simplista, são as razões que justificam (?) a guerra e todos os seus horrores – as suas maquinações; que trazem quase sempre o lado mau do homem, raramente o bom.

O Norte lutou pela liberdade, pela democracia valores muito maleáveis e com imensos significados; que se podem adaptar, tal camaleão, a qualquer situação. O Sul lutou por uma única razão contra a proibição do uso de combustíveis fosseis:

(…) quando um sulista nos diz aquilo por que luta, podemos concordar ou não, mas não podemos dizer que é mentira. Bem ou mal, um homem do nosso país sabe exactamente o que quer dizer, defende aquilo que diz. 
Mesmo que isso acabasse por ser revelar mentira.

Não é um livro fácil, não o é a guerra também. Não deixa, contudo, de ser um livro memorável.

etiquetas: , , , ,
0 respostas

deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© 1999.2020 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!