84k by claire north

Uma distopia económica que convence.

84k by claire north

O controlo dos governos pelas grandes companhias é já uma realidade. Em 84K temos apenas uma empresa, a Company, que controla tudo e todos.

Em 84K as mortes têm um preço. E como tal os mais ricos podem, desde que paguem o valor indemnizatório, cometer crimes sem o risco de serem punidos. Melhor a “punição” é paga em dinheiro. Quem não consegue pagar, não é, necessariamente, preso, vai antes para a linha de produção. É o capitalismo levado ao extremo.

Tudo tem preço: os crimes e a vida. 84K é uma história muito negra na qual uma luz de esperança, na figura de Theo Miller, rasga a negritude.

Theo Miller, um sujeito, aparentemente, normal, sem pretensões a nada de especial, apenas continuar a viver na sua anonimidade, surge como o vingador. É aquele que pretende mudar as coisas motivado pelo amor. O amor é o anjo da vingança – motor poderoso.


Claire North com o seu estilo narrativo peculiar cria histórias delirantes e esta apesar de negra entretém sem qualquer dificuldade. Claire North continua em 84K a convencer, mas não a brilhar.

0 respostas

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta