13 Mai
13.05.2019 NA DÉCIMA NONA NOITE DAQUELE MÊS DE FEVEREIRO um grande clarão iluminou repentinamente o abismo da noite, as estrelas começaram a girar e a cair e tudo culminou numa explosão prolongada, que sacudiu a vila como um tremor de guerra. Quando num tropel de pânico saímos para a rua vimos que do outro lado do rio o mundo tinha deixado de existir.
A Feira dos Assombrados por José Eduardo Agualusa (pág. 54)

Tags: , , ,
0 respostas

deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© 1999.2019 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!
%d bloggers like this: