16 Mai
16.05.2019 «LANÇAR UM BOMBA», ESCREVEU JORGE LUIS BORGES, «é mais uma confirmação do que uma refutação. É como dar razão ao adversário, mas de um modo terrível.»
Quem está certo da sua razão, discute-a. Apresenta argumentos. Defende, até ao fim, uma determinada linha de pensamento. O murro acontece quando a inteligência colapsa. Um murro é sempre uma expressão de derrota — ainda que, eventualmente, derrube o adversário. O que derrubou o adversário não foi uma verdade qualquer ou a pureza de uma ideia. Foi um murro.
De resto, com frequência, o homem que dá o murro justifica-se dizendo: «Perdi a razão.»
O Paraíso e Outros Infernos por José Eduardo Agualusa (pág. 57)

Tags: , , , ,
0 respostas

deixar uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© 1999.2019 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!
%d bloggers like this: