anna kavan

Anna Kavan nascida Helen Emily Woods, em Cannes, em 1901, Anna Kavan foi uma escritora cuja obra the valeu comparações a Virginia Woolf ou Sylvia Plath. Tendo passado a infância a viajar pela Europa e Estados Unidos, regressa com a família ao Reino Unido, onde, após um casamento falhado, se inscreve na London Central School of Arts and Crafts. Em 1929, publica o seu primeiro livro, A Charmed Circle, sob o pseudónimo de Helen Ferguson, lancando, nos oito anos seguintes, mais cinco romances. Como consequência de um segundo divórcio e da morte de um filho, sofre o primeiro de vários colapsos nervosos, sujeitando-se a um longo período de internamento numa clínica, na Suiça. Nunca mais ira recuperar inteiramente a sua saúde mental, agravada por uma dependência de longa data à heroína. Em 1940, publica Asylum Piece, o seu primeiro livro assinado como Anna Kavan, protagonista de duas suas obras anteriores, Let Me Alone (1930) e A Stranger Still (1935). Morre em 1968, pouco depois da publicação do seu livro mais celebrado, Gelo. Antes de morrer, a autora destruiu toda a sua correspondência e diários pessoais, ambicionando tornar-se «um dos maiores segredos do mundo literário». Quase o conseguia, não fosse a força profundamente inovadora da sua escrita e a admiração incondicional dos seus pares, entre os quais se contam nomes como Anaïs Nin, J. G. Ballard, Doris Lessing ou Patti Smith, a terem resgatado de um possível e injusto esquecimento.


Biografia extraída do livro “Gelo” publicado pela editora Cavalo de Ferro.

1 responder

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.