os herdeiros da terra de ildefonso falcones

Considero este livro superior ao primeiro (A Catedral do Mar). Ambos movimentam-se na mesma época e podem ser lidos isoladamente apesar de algumas linhas os ligarem. Não o aconselho, contudo, pois neste, o autor tem uma escrita mais elegante – é fascinante assistir a esta evolução.

Com uma história, violenta e cruel, na qual a maldade e a bondade são servidas em molho béchamel, Ildefonso Falcones oferece uma romance cativante, poderoso.

Sem grandes gralhas a apontar e que me irritaram na leitura d’ A Catedral do Mar este livro proporcionou uma excelente leitura.

Tradução de Paulo Ramos e Gonçalo Neves

0 respostas

deixar uma resposta

deseja juntar-se à discussão?
esteja à vontade para contribuir!

deixar uma resposta