Archive for category: escritos

2º mandamento

07 Abr
7.04.2017

Dos 10 mandamentos há um que nunca me foi bem explicado na altura em que ia agrilhoado à catequese:
2º Mandamento – Não usar o nome de Deus em vão.

Hoje a propósito de não sei o quê irei falar porque sim sobre esse mandamento do vosso senhor; exemplificando com questões enviadas por email.

P: No cume máximo do desejo sexual explodi meu Deus! que bom! ai! pará! – violei o 2º mandamento?
R: Claro que não. “crescei e multiplicai-vos, enchei a terra e conquistai-a” foi a primeira ordem do vosso Deus. Está, como tal, a informar Deus o quanto é bom a tarefa de multiplicação. Pecado será parar a meio.

do vosso teológico BigPole

le scat noir #222

01 Abr
1.04.2017

O número 222 de Le Scat Noir (edição de Abril) supera-se e eleva uma vez mais a fasquia da exigência. Tem sido um projecto audacioso, que com ousadia e coragem comprova que o absurdo está vivo e recomenda-se.

Black Scat Books está continuamente de parabéns. O número desta edição pode ser obtido neste link.

killing (10 words)

21 Fev
21.02.2017

A minha história killing (10 words) está online no site Dime Show Review.

pollice verso

20 Fev
20.02.2017

O meu texto pollice verso foi publicado no número 220 (fev.2017) do Le Scat Noir – Black Scat Books e é dedicado ao meu eterno amigo Jorge Dias.

há noites…

20 Fev
20.02.2017

Há noites em que sonho com os meus mortos; aí vivem através de mim e nesses momentos inventamos novas alegrias que, contudo, se desvanecem no acordar. Acordo sempre com mais vontade de sonhar.

ai.. toc! toc!

20 Jan
20.01.2017

Ao escrever isto sou um escritor. Se a algum momento decidir eliminar o que está escrito serei um assassino. Se, entretanto, não alterar nada do que já está escrito serei um conformista. Ao colocar tantas questões estarei a ser herético?

TOC! TOC!

sombria

19 Jan
19.01.2017

Era uma casa tão sombria, mas tão, tão sombria que quando os raios do sol a decidiam acariciar já era noite.

toda ela é rabisco

16 Jan
16.01.2017

E com isto violei a página branca. Agora toda ela é rabisco.

black scat review #17

08 Jan
8.01.2017

Yes, Virginia, Black Scat Review does DADA FORGERY. But is it anti-art?

You be the judge.

#17 is loaded with incendiary art & texts by Captain Anonymous, David Moscovich, Tristan Tzara, Anna Keeler, Christy Sheffield Sanford, Karl Waldmann, Ruth Crossman, Norman Conquest, Paulo Brito, Harry McCullagh, Michael Leigh, Gregory Autry Wallace, Eîlot Tuerie, Terri Lloyd, Doug Skinner, and Joseph Heathcott.

This is the last issue of BSR and a fitting finale it is. Don’t miss this one, folks, it’s destined to wind up a collector’s item on the ash heap of art history.
from Black Scat Books

Aqui está outro excelente número da Black Scat Review. A minha contribuição foi feita na forma de duas brincadeiras visuais.

o barbeiro barbeou-me

05 Jan
5.01.2017

O barbeiro barbeou-me. Não me reconheci ao espelho. Eu gritei. Ele gritou. O gato fugiu. Nenhum espelho ficou partido.

© 1999.2018 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera