de lado – 0073

13 Mar
13.03.2018

Se desejas ter a certeza de que vais ganhar uma discussão o melhor é desde logo não iniciar uma.

descender – vol. 1: estrelas de lata de dustin nguyen e jeff lemire

13 Mar
13.03.2018

Este primeiro álbum de Descender é visualmente impressionante que se cola perfeitamente a uma história elegante.
Com Jess Lemire nas rédeas do texto e Dustin Nguyen no desenho Descender é uma cena marada a seguir.

G Floy está uma vez mais de parabéns.

torpedo 1972

12 Mar
12.03.2018

Aqui está o último álbum da colecção completa Torpedo.
Apesar de o argumento continuar a cargo de Enrique Sánchez Abulí, a arte passou para as mãos de Eduardo Risso. É uma história a cores mais longa do que o habitual, mas espectacularmente negra de um Torpedo mais velho, igual a si próprio – cínico, amoral. Uma história que não defrauda.

Só faltou o conto, “Una obra de caridad” que consta da edição espanhola.

homem-aranha | os vingadores

12 Mar
12.03.2018

Estas novas aventuras do Homem-Aranha não têm sido do meu agrado. Ainda arrisquei a compra de um terceiro álbum, mas…

Quanto aos Os Vingadores fico-me pelo número 1 da segunda série.

O que tenho lido fora da Marvel e DC tem sido mais recompensador.

i‘m fan guy

09 Mar
9.03.2018

Parece que sou doido por livros. Ora vejam-me isto!

super fan guy

 

só estilo

05 Mar
5.03.2018

Aqui está um sujeito, ainda por identificar, cheio de estilo a jogar World of Warcraft.

O tabard da Horde marca a diferença.

coisas boas

05 Mar
5.03.2018

Existem uns malucos, seguramente puritanos, que odeiam banda-desenhada. Para descobrirem o que é realmente bom deviam ser castigados com a leitura de Torpedo 1936.

Torpedo 1936 é algo verdadeiramente poderoso. Esta semana sai o último volume da colecção integral, realmente integral sem censuras – as duas histórias que têm sido censuradas (“Toccata y fuga” e “Lolita” constam desta maravilhosa edição da Levoir.

O volume seis oferece as histórias a cores do Torpedo 1972 ainda com o argumento de Enrique Sánchez Abulí, mas com arte de Eduardo Risso que substituiu Jordi Bernet.

círculo

01 Mar
1.03.2018

Tenho em mim
uma tristeza
sem começo nem fim.

************************************
************************************
************************************
Por isso desenhei um círculo.

O diretor é um idiota. Já era um idiota antes de ficar afetado. Qualquer civilização sã o teria eliminado de forma tão humana quanto possível há um par de anos, processando o seu cadáver para reclamação mineral.

Normal de Warren Ellis

bang!

26 Fev
26.02.2018

Uma história de 10 palavras.

© 1999.2018 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera