Tag Archive for: bertrand editora

livros na palete – posição 018

30 Out
30.10.2019

A excelente edição pela Saída de Emergência d’O Despertar do Cthulhu de Howard Phillips Lovecraft e ilustrado por François Baranger.

e mais duas aquisições:

  • Diderot de Andrew S. Curran
  • O Cid de Pierre Corneille

samitério de animais de stephen king

01 Out
01.10.2019

Louis Creed, jovem médico de Chicago, acredita que encontrou o seu lugar naquela pequena cidade do Maine. Uma boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos. Num dos primeiros passeios para explorar a região, descobre um cemitério de animais de estimação no bosque próximo da sua casa, ao qual se vê obrigado a recorrer depois de o seu gato ter sido morto por um camião num trágico acidente. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram os seus animais de estimação.
Para além dos pequenos túmulos, onde uma caligrafia infantil regista o primeiro contato com a morte, há um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai as pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas, capazes de tornar realidade o que sempre pareceu impossível.
A princípio, Louis diverte-se com as histórias fantasmagóricas de Crandall, o vizinho de 80 anos. No entanto, aos poucos, começa a perceber que o poder da sua ciência tem limites

Wook

Leitura mais que excelente. Uma leitura delirante e perturbadora.

Excelente.

30 Set
30.09.2019 Louis achava que Deus, em toda a Sua infinita sabedoria, parecia muito mais generoso quando de tratava de prodigalizar a dor.
Samitério de Animais de Stephen King (pág. 250)

30 Set
30.09.2019 Louis achava o velho tão confortável como uma pantufa (…)
Samitério de Animais de Stephen King (pág. 119)

doutor sono de stephen king

30 Set
30.09.2019

Uma tribo de gente chamada o Nó Verdadeiro viaja à procura de sustento pelas autoestradas da América. Parecem inofensivos e são, sobretudo, velhos. Mas, tal como Dan Torrance bem sabe, e Abra Stone não tarda a descobrir, os membros do Nó Verdadeiro são quase imortais e vivem do «vapor» produzido pelas crianças com o «brilho» quando são lentamente torturadas até à morte. Assombrado pelos residentes do Hotel Overlook, onde passou um ano horrível da sua infância, Dan anda há décadas à deriva, tentando libertar-se do legado de desespero, alcoolismo e violência deixado pelo seu pai. Por fim, instala-se numa cidade de New Hampshire, numa comunidade de Alcoólicos Anónimos que o apoia e num trabalho num lar, onde o «brilho» que lhe resta oferece um derradeiro conforto aos moribundos. Com o auxílio de um gato presciente, torna-se o «Doutor Sono». E depois Dan conhece a evanescente Abra Stone, e é o espetacular dom dela, o brilho mais vivo que ele já viu, que dá novo alento aos fantasmas de Dan e o impulsiona para uma guerra épica entre o bem e o mal para salvar Abra e a sua alma.

Wook

Adorei a leitura da sequela The Shining. Stephen King no seu melhor.

Doutor Sono é uma leitura que assusta e diverte – delirante.


Na esquina uma miniatura da personagem Altaïr Ibn La’ahad da saga Assassin’s Creed.

devias ter-te ido embora por daniel kehlmann

18 Jun
18.06.2019

Um escritor, a sua mulher e a filha de ambos, de 4 anos, alugam uma casa nos Alpes, mas alguma coisa não está bem. Ele trabalha arduamente na sequela do seu argumento cinematográfico mais famoso, mas repara que coisas estranhas se passam ali. As divisões da casa não estão no lugar onde deviam e começam a aparecer no seu caderno palavras que não foram escritas por si. Como foi que o mundo começou a perder o sentido? As próprias leis da física parecem ter sido subitamente suspensas.

Devias Ter-te Ido Embora lê-se de uma penada. Volta-se umas páginas atrás e segue-se em passo de corrida.

O suspense construído é perfeitamente sustentado pelos esforços do escritor em tentar perceber os acontecimentos, cada vez mais misteriosos, que o cercam. Mesmo não tendo certeza de que ele possa estar a ter ou não alucinações, ficamos intrigados para descobrir o que está a despoletar os acontecimentos.

Devias Ter-te Ido Embora, apesar de ser um livro pequeno, é complexo e estruturalmente sólido. É surrealista e perturbador, mas igualmente libertador. Um livro poderoso.


Tradução de Ana Falcão Bastos.

contos à moda do porto por miguel miranda

04 Jun
04.06.2019

Muito bom libro de contos e uma boa descoberta, como o debem ser todas.

Os contos são verdadeiramente peculiares.

Primeiro estranha-se, depois entranha-se

Fernando Pessoa

Adorei a leitura. Carago ai se adorei!

a coisa de stephen king

27 Mai
27.05.2019

Terminei hoje a leitura de “IT – A Coisa” de Stephen King editado em Portugal pela Bertrand em dois volumes num total de 1272 páginas de personagens memoráveis; uma história tão aterrorizante quanto brilhante.

IT é realmente um livro extraordinário.

no interior: “a coisa”

26 Mai
26.05.2019

página 230, volume II

20 Mai
20.05.2019 Ali parado sob a chuva miudinha (…), ocorreu-lhe que as crianças eram melhores em quase a morrer, e também eram melhores em incorporar o inexplicável nas suas vidas. Acreditavam implicitamente no mundo invisível.
A Coisa por Stephen King (página 584)

© 1999.2019 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!