Artigos

em avulso

Graffiti numa parede junto ao Froiz.

tubarão dos mares

“Tubarão dos Mares” aka Atita em graffiti da autoria de Fábio Carneiro. 

o francoatirador paciente de arturo pérez-reverte

Sniper é uma lenda viva no mundo da arte de rua. Subversivo e omnipresente na tela urbana, ninguém conhece a sua identidade, poucos terão visto o seu rosto, não há relatos do seu paradeiro. Quem é o verdadeiro Sniper por detrás deste enigma que o mistifica? É um heroico cruzamento de Salman Rushdie e Banksy, um justiceiro solitário? Ou um terrorista urbano, um egomaníaco cujas ações já se revelaram fatais?
Alejandra Varela, especialista em arte, decide seguir os passos deste homem sem lei. Uma mira telescópica de francoatirador assina todos os trabalhos de Sniper, e é essa mira que leva Alejandra a infiltrar-se no submundo de Madrid e Lisboa, Verona e Nápoles. Cidades que são os campos de batalha prediletos deste caçador solitário. Mas, a coberto das sombras, uma outra pessoa aguarda para descobrir o paradeiro de Sniper, embora as suas motivações sejam bem diferentes…
Segue-se um formidável duelo de inteligências, um jogo de perseguição entre caçador e presa cujo final é, no mínimo, surpreendente.

Edições Asa

Livro lido neste fim-de-semana – ufa!

Gostei. Sim gostei.

por barcelos

Umas caras encontradas por aqui e ali… em Barcelos.

raiva urbana

Mais um graffiti à maneira a decorar ou a destruir as paredes.

redondinho

Uma pintura urbana de esquina.

angry

uma imagem criada para ilustrar uma entrada no meu blog.

mate?

new? graffiti that exists at the train station in barcelos.

portugal white and clean!

Concordo. Mas os autores deviam tomar a iniciativa e pintar a parede de branco. E, já agora, arrancar as ervas. Só sabem escrever palavras sem agirem – uma vergonha.

another graffiti

graffiti colado no estádio adelino ribeiro novo.