Artigos

aquário

Aquário existente no Paço dos Duques de Bragança.

choose!

when i have two doors I choose always the third one

fios e fios

Fios e mais fios.

em guimarães i

Em Guimarães. O castelo.

lareira

Em Guimarães.

um tear

Fotografia tirada em Guimarães. Parte de um tear.

duas paredes e uma porta

Em Guimarães.

olaria de bisalhães, rostos de barro preto

Esta exposição foi um dos elementos de um projecto abrangente, realizado em parceria entre o Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real, o Museu de Alberto Sampaio (Guimarães) e o Museu de Olaria (Barcelos), sendo comissariada pelos directores das três instituições.

O projecto inclui, para além da já referida exposição, a realização de um videograma, a aquisição de colecções de olaria, a sua inventariação e estudo e, ainda, a edição de um caderno de exploração pedagógica, material de divulgação e de um catálogo bilingue.

A louça preta de Bisalhães/The Black Pottery of Bisalhães é o título da obra que inclui texto de Isabel Fernandes (Directora do Museu de Alberto Sampaio), catálogo de peças elaborado por Patrícia Moscoso, e análise química de louça por Fernando Castro. Trata-se de uma co-edição entre os municípios de Vila Real e de Barcelos.

armas de pindela i

Uma peça da exposição “Armas de Pindela”.

guimarães, paços dos duques de bragança… como?

A regresso de casa de uns dias deliciosos de férias verdadeiras encontrei-me com familiares mais próximos em Guimarães.
Objectivo: redescobrir o Castelo, os Paços dos Duques de Bragança, a Penha e mostrar aos dois membros mais novos estas referências de Guimarães e soube depois que afinal um familiar do… “meio” se limitou nas suas visitas a Guimarães ao… centro comercial, enfim…

Apesar de reconhecer as dificuldades de tornar a visita dos Paços dos Duques de Bragança acessível a todas as pessoas fiquei verdadeiramente chocado com o que vi à entrada. Mas apesar de reconhecer esta dificuldade sei que é possível adaptar os monumentos com rampas provisórias e ascensores para as pessoas em cadeiras de rodas.

e rampas provisórias e ascensores para as pessoas em cadeiras de rodas?

Seria agradável que certo tipo de barreiras fossem reduzidas. Seria motivo de orgulho que os os Paços dos Duques de Bragança fosse incluído no grupo “Monumentos UNESCO sem barreiras”.

Este post é apenas mais uma chamada de atenção para “certas” desigualdades.