Artigos

imortalidade virtual

O Facebook tem uma funcionalidade em que converte uma página de alguém falecido numa página de homenagem.

“O que acontece à minha conta do Facebook em caso de falecimento?” é a pergunta.

A resposta: Se não optares pela eliminação permanente da tua conta, será criado um memorial da mesma se tivermos conhecimento do teu falecimento. Contas em memória de alguém. As contas em memória de alguém são lugares onde a família e os amigos podem reunir-se e partilhar memórias depois do falecimento de uma pessoa. As contas em memória de alguém possuem as seguintes funcionalidades principais: A expressão Em memória de vai ser apresentada junto ao nome da pessoa no seu perfil.

É a imortalidade virtual sem custos para toda uma morte.


Aqui essas patetices não existem.

os segredos de “o imortal nicholas flamel”

A saga “Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel” de Michael Scott foi quase toda publicada pela Edições Gailivro.

  1. O Alquimista – Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel
  2. O Mágico – Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel
  3. A Feiticeira – Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel
  4. O Necromante – Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel
  5. O Bruxo – Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel
  6. The Enchantress: The Secrets of the Immortal Nicholas Flamel (não publicado)

Apesar de ter parado a leitura destas aventuras continuo a tentar comprar todos os livros editados em Portugal.

Apenas me falta “O Alquimista” porque o ofereci/vendi ao meu cunhado.

livros na palete – posição 040

Aqui estão as duas últimas aquisições.

Comprei “O Necromante” de Michael Scott, o quarto volume d’Os Segredos de O Imortal Nicholas Flamel e o último volume d’O Ciclo da Noite dos Demónios, “O Núcleo” de Peter V. Brett, este último comprado porque estava a preço da chuva e fui muito empurrado por S. para terminar a conclusão do ciclo.

de (1999)

Este mundo é, às vezes, difícil de aguentar. Muitas “crianças grandes” abusando de tudo e de todos. Morte e doença em quantidades industriais. Muitas desilusões amorosas(!). E as pessoas fazem o que podem para seguir em frente. A religião acaba por ser mais saudável do que o “ecstasy”.
Odeio é quando as pessoas ficam fanáticas. Odeio mesmo.
Mas de uma forma geral, a religião ajuda as pessoas a sobreviver, e a maior parte das pessoas religiosas são inofensivas. Elas precisam dela.
Eu também preciso da religião, mas não existe uma que seja indicada para mim. Provavelmente irei iniciar a minha própria religião quando estiver para aí virado.

Não sei de onde traduzi isto, apenas que é de 1999.

from somewhere (1999)

A world of immortality is inherently inconceivable, if not downright unpleasant to think about. Sustaining life (or postponing death, depending on your point of view) is what makes life worth living. Eating, sleeping, working, playing, procreating… this is all the process of sustaining our lives; of avoiding death. Having a life without death would be like having a bicycle without pedals. It just wouldn’t go anywhere or do anything. There would be no reason for it.

o alquimista – os segredos de o imortal nicholas flamel

“O Alquimista – Os Segredos de O Imortal” Nicholas Flamel, Michael Scott (Edições Gailivro) é um livro que nos envolve na história sem dificuldade. A leitura dos primeiros três capítulos trouxe-me à memória o filme “Ponto de Vista”: vemos os acontecimentos pela perspectiva de personagens diferentes.

Apesar de já ter pensado em comprar esta obra fui sempre adiando a sua compra em detrimento de outras – coisas.

A verdade: Nicholas Flamel nasceu em Paris, em 28 de Setembro de 1330. Quase setecentos anos depois, é reconhecido como o maior Alquimista de todos os tempos. Diz-se que descobriu o segredo da vida eterna. Os registos certificam que ele morreu em 1418. Mas o seu túmulo está vazio.

A lenda: Nicholas Flamel está vivo, graças ao elixir da vida que produz há séculos. O segredo da vida eterna está escondido no livro que ele protege – o Livro de Abraão, o Mago – o mais poderoso de sempre.
Se este for parar às mãos erradas poderá ser o fim do Mundo. É exactamente o que Dr. John Dee planeia fazer ao roubá-lo. A Humanidade só dará conta do que está a passar, quando for tarde demais e, se a profecia estiver correcta, Sophie e Josh Newman são os únicos com poder para salvar o Mundo, tal como o conhecemos.

Às vezes as lendas são verdadeiras. E Sophie e Josh Newman estão prestes a embrenhar-se na maior lenda de todos os tempos.

informação das Edições Gailivro

Esta sinopse é o ponto de partida para uma história do fantástico de qualidade inegável. Michael Scott combina as diversas mitologias (romana, grega, egípcia, nórdica, céltica) com a devida mestria. Recomendo vivamente a sua leitura.

Apenas saliento que a revisão em vários momentos deixa um pouco a desejar: ver páginas 42 e 49.

fragmento.00109

a imortalidade (…) é o que se vive enquanto a morte não chega.
Vida e Morte dos Santiagos por Mário Ventura

fragmento.00101

Quando Philip deixou de crer no cristianismo, sentiu que um grande peso lhe fora tirado dos ombros; despojando-se da responsabilidade que sobrecarregava cada acto, quando cada acto era de infinita importância para a salvação da sua alma imortal, experimentou uma viva sensação de liberdade. Mas agora sabia que isso fora uma ilusão. Ao abandonar a fé em que fora criado, mantivera intacta a moral que era sua parte integrante. Resolveu, então, pensar por si mesmo sobre as coisas. Determinou não se deixar influenciar por preconceitos. Descartou-se de vícios e virtudes e rejeitou os princípios assentes do bem e do mal, com a ideia de encontrar por si próprio uma norma de vida.
A Servidão Humana por Somerset Maugham

Obra poderosa que foi, na semana passada, relida com os mesmos olhos, mas com outro saber; são mais 20 anos em cima das costas.

morte…

Mais tarde, Thomas Blaine pensou na forma da sua morte e desejou que tivesse sido mais interessante. Porque não ocorrera ela enquanto estivesse a batalhar contra um ciclone, a enfrentar o ataque de um tigre, ou a escalar uma montanha fustigada pelo vento?(…)
Apesar disso, por muito vulgar que seja, a morte de alguém é o acontecimento mais importante da sua vida.


Robert Sheckley, A Conquista da Imortalidade
tí­tulo original: Immortality Delivered
tradução: de Alexandra Santos Tavares
editor: livros do Brasil, Lisboa, Ago. 2000, pág. 7


image copyright Richard Morden
Based on an image of Robert Sheckley. Ricard Morten has other works that deserve to be seen.