Artigos

teletubbies

Após o nosso protagonista ter sabido que um amigo teve uma “fractura” no pénis decidiu tomar medidas; o resultado – hilariante.

Vinhetas extraídas do álbum Memórias de um Homem em Pijama de Paco Roca, publicado pela Levoir.

a sociedade secreta dos pais

🙂 brilhante. Adorei. Efectivamente parece que fazemos parte de uma sociedade secreta.

Vinhetas extraídas do álbum Memórias de um Homem em Pijama de Paco Roca, publicado pela Levoir.

rever paris de schuiten e peeters

Este álbum de Schuiten e Peeters está fora do universo “Cidades Obscuras”, mas a história enigmática, os desenhos está sempre presentes. Álbum visionário, surrealista – mestria sempre presente.

Fantástico. Autores que não sabem desapontar.

Tradução: João Miguel Lameiras

livros na palete – posição 049

Desta feita boa banda desenhada não falta.

o expresso do amanhã (os sobreviventes) de lob e rochette

Pouco à dizer sobre esta obra – louca!

Tradução de Pedro Cleto

watchmen (vol. 6): o início

Aqui se termina o arco “The Button” e se dá início à saga “Doomsday Clock”.

No “The Button” temos Tom King e Joshua Williamson no argumento; e Jason Fabok e Howard Porter nos desenhos.

No “Doomsday Clock” temos o argumento de Geoff Johns e os desenhos de Gary Frank.

Na conclusão de The Button (uma história de 4 partes, cujos 2 últimos capítulos estão incluídos neste volume), Batman e Flash têm de unir forças contra os seus duplos maléficos de outra dimensão. Este volume traz também a primeira parte de Doomsday Clock. Na Antártida, na base secreta de Ozymandias, o destino do universo de Watchmen vai jogar-se, naquilo que talvez seja um novo começo.

Tradução de Filipe Faria

watchmen (vol. 4): um mundo mais forte de alan moore e dave gibbons

Os acontecimentos inevitáveis, trágicos, da saga convergem para aquele que será possivelmente o seu momento final predestinado… Na Antártida, na base secreta de Ozymandias, o destino do universo de Watchmen vai jogar-se, naquilo que talvez seja um novo começo.

E assim termina em pleno esta obra de banda desenhada simplesmente genial. Depois disto nada foi igual.

Obra que não deixa ninguém indiferente.

Tradução de Paulo Furtado

watchmen (vol. 3): irmão dos dragões de alan moore e dave gibbons

Aqui foi lido o terceiro volume desta fantástica obra.

Tradução de Paulo Furtado

watchmen (vol. 2): temível simetria de alan moore e dave gibbons

Rorschach, o temível vigilante que assumiu a tarefa de desvendar o homício do Comediante e pôr a nu as contradições e hipocrisias dos super-heróis da sua América natal, e John Osterman, o estranho e poderoso homem de pele azul agora conhecido pelo nome de Dr. Manhattan, são as personagens que encarnam a lucidez fria e implacável deste universo, e os protagonistas em destaque neste volume da série original.

A Levoir, em boa altura, já que tenho apenas uma velhinha versão brasileira, continuar a reedição de Watchmen de Alan Moore e Dave Gibbons. Aqui se tem o segundo volume de quatro.

Obra que não deixa ninguém indiferente.

Tradução de Paulo Furtado

watchmen (vol. 1): quem guarda os guardiões de alan moore e dave gibbons

Comecei a reler Watchmen; obra magistral de banda desenhada, lida pela primeira vez em 1989 numa edição brasileira.

O encanto continua vivo.

Tradução de Paulo Furtado