Artigos

quando em roma

O que me faz ver alguns filmes nem são as pipocas ou a pepsi, mas uma necessidade de satisfazer todos. E todos é a minha mais-que-tudo. Ela é tudo e mais alguma coisa.
É a única desculpa para ter visto, assimilado o filme “Quando em Roma”. Ainda não foi o pior filme que vi este ano, mas o pessoal envolvido nisto devia ser atirado aos leões.

Serviu um doce propósito, contudo, assimilar uma quantidade considerável de milho doce.

ghost rider, o filme & o comentário

Ghost Rider: Your soul has been tainted by the blood of the innocent. Look into my eyes and feel their pain.

from imdb

Como já tinha dito, não gosto de n.cage como actor e entendia que a personagem Ghost Rider não devia funcionar fora dos comics. Não me enganei.

O filme na escala de FIXE a MUITO FIXE fica por um singelo catita. Não deixa de ter piada ver os efeitos especiais a dar vida ao motoqueiro. Mas nem isso, e por muito bom que o CGI seja, salva o filme. É pena, mas eu avisei.

Eva Mendes não é a única alma perdida. De actriz não tem nada, de resto nada tem.