Artigos

a guerra dos reinos: crônicas de guerra, vol. 01 de 03

Este volume vale a pena. Mais que divertido. Mais que violento. Mais que sangrento.

Ansioso pela continuação.


As minhas leituras do crossover A Guerra dos Reinos (The War of the Realms):

a guerra dos reinos, vol. 01 de 03

Uma história de imensa confusão e destruição. Caos para um lado, caos para o outro. Muita conversa e desenhos um pouco fracos.

A história “War of the Realms: Journey Into Mystery” foi super divertida – valeu a pena.

howard the duck

Howard the Duck is a fictional character appearing in American comic books published by Marvel Comics. The character was created by writer Steve Gerber and artist Val Mayerik. Howard the Duck first appeared in Adventure into Fear #19 (cover-dated Dec. 1973) and several subsequent series have chronicled the misadventures of the ill-tempered, anthropomorphic “funny animal” trapped on a human-dominated Earth. Echoing this, the most common tagline of his comics reads ‘Trapped In a World He Never Made!’

Wikipédia

Sempre presente este grande pato.


Vinheta extraída da revista A Guerra dos Reinos, vol. 1

livros na palete – posição 050

Desta vez ainda mais banda desenhada, agora da Marvel.

  • O Defunto Logan, vol. 1 de 2 com argumento de Ed Brisson e desenhos de Mike Henderson
  • A Guerra dos Reinos, vol. 1 de 3 com argumento de Jason Aaron e dos McElroys e desenhos de Russell Dauterman e de André Lima Araújo
  • A Guerra dos Reinos: Crônicas de Guerra, vol. 1 de 3 com argumento de Aaron, Gerry Duggan, Leah Williams, Josh Trujillo, Ram V. e Chip Zdarsky e desenhos a cargo de Andrea Sorrentino, Marcelo Ferreira, Marco Castiello, Ricardo Lopez Ortiz, Cafu (Carlos Alberto Fernandez Urbano) e Joe Quiñones
  • O Imortal Hulk, vol. 1 com textos de Al Ewing e desenhos de Joe Bennett (o brasileiro Bené Nascimento)
  • Miles Morales: Homem-Aranha, vol. 1 compila os números da série Miles Morales: Spider-Man. O primeiro volume foi escrito por Saladin Ahmed, com uma história coescrita com Bryan Edward Hill. Quantos aos desenhos, são da responsabilidade de Javier Garron, com uma história desenhada por Mark Bagley
  • Thor (actualizei o post armadura de thor), vol 1 compilou em 4 números não somente a quinta série norte-americana de Thor e a subsequente King Thor, como também material proveniente de outras revistas. Este primeiro volume foi escrito por Aaron, Ewing, Daniel Kibblesmith e Duggan. Os desenhos foram realizados por Michael Del Mundo, Scott Hepburn, Ron Garney, Cafu, Oscar Bazaldua e Juan Ferreyra (informação copiada do site Bandas Desenhadas)
  • Os Pássaros no Fim do Mundo de Charlie Jane Anders
  • Venom/Homem-Aranha: Corporação Venom, vol 1 de 1 com argumento de Slott e Mike Costa, os desenhos são da autoria de Ryan Stegman, Gerardo Sandoval e Garron (informação copiada do site Bandas Desenhadas)
  • Revista Ler #157

deadpool mata os clássicos

Esta banda desenhada de Deadpool escrita por Cullen Bunn e desenhada por Matteo Lolli é absurdamente delirante. Muito superior à história “Deadpool Mata o Universo Marvel”.

os vingadores: endgame

Adorei ver a conclusão de uma saga iniciada como que em 2008 com o filme Homem de Ferro.

Neste filme aparecem perfeitamente interligadas todas as personagens que foram sendo apresentadas ao longo de 21 filmes.

Os Vingadores: Endgame é, sem dificuldade, um filme excitante, divertido e emocionante.

homem-aranha, caído entre os mortos

Se já não fazia ideia de coleccionar a “A Colecção Definitiva do Homem-Aranha”, porque como pode ser definitiva se há histórias sempre on going, muito menos depois de ler o primeiro número da colecção comprado ao preço de 2,99€, preço promocional.

História sem sabor. Com apenas uma pitada de sal aqui e ali tem como resultado, naturalmente, uma cena insossa.

x-men vol.8: o regresso da arma x

Okay. O que continua a valer a pena ler é, naturalmente, o Old Man Logan.

A Arma X, revelou-se uma boa surpresa.

homem-aranha: volume 9 – série ii

Mais umas histórias que se vão lendo.

homem-aranha: volume 8 – série ii

Umas histórias dão pica, outras nem por isso.