Artigos

01. referência a edgar allan poe

Adoro estar a ler um livro e este ter uma indicação velada ou directa a Edgar Allan Poe. Neste caso o livro é A Canção de Susannah de Stephen King que tem uma referência ao conto A Máscara da Morte Rubra.

— Estamos numa fortaleza — disse ela. — Mais além fica aldeia de Fedie, agora abandonada, porque morreram todos de Morte Rubra há mais de mil anos. Mais além…

página 110

espelhos

Agora mais do que nunca os olhos são o espelho da alma. Com o uso continuado das máscaras faciais são os olhos o espelho de todas as emoções.

manter a paixão

Desde o início da pandemia que Aleksandro é recebido no hall, assim que chega do trabalho, pela sua mulher Rubena ornada com luvas e máscara cirúrgica. Ela despe-lhe toda a roupa, colocando-a num saco de plástico; a roupa irá posteriormente para a máquina de lavar roupa.

Completamente nu, Rubena inicia uma tarefa que Salas sente ser agora o epítome da paixão. Rubena besunta-lhe o corpo com gel desinfectante com uma solução de 95% de álcool e demora-se pacientemente em todas as partes; sem pressas Aleksandro sente o corpo ser higienizado – sublime. E com um beijo nos lábios do seu marido Rubena dá o trabalho por terminado.

Esta rotina decorreu sem sobressaltos durante catorze dias. Hoje antes do ritual do beijo Rubena coloca uma máscara em Aleksandro e sussurra-lhe sensualmente ‘espera pela surpresa’. De olhos vendados ele aguarda saturado de desejo o regresso de Rubena.

A última frase que Aleksandro ouviu na sua vida antes do raspar de um fósforo foi ‘sente agora o ardor da nossa paixão’.

novas máscaras de uso social

Devido a uma potencial escassez de máscaras tipo respiradores ou máscaras cirúrgicas a DGS (Direcção Geral de Saúde) aconselha a utilização de máscaras não-cirúrgicas, comunitárias ou de uso social desde que certificadas e revela dois exemplos concretos.

fragmento.00428

— Assustador como o caraças. Alguma vez viste aquele filme sobre o palhaço no esgoto?
Hodges abanou a cabeça. Mais tarde — apenas semanas depois da sua reforma — tinha comprado o DVD do filme e Pete tinha razão. O rosto da máscara era muito semelhante ao rosto de Pennywise, o palhaço do filme.
Mr. Mercedes de Stephen King (pág. 69)

Referência à mini-série de 1990, posteriormente convertida em filme, e que se baseia no livro homónimo de Stephen King escrito em 1986.

medida preventiva

Hoje isto do Coronavírus assustou-me realmente. E eu que fiz um esforço para não entrar em pânico.
Acabo de vir do Shopping China nas Torgas onde comprei uma máscara para me proteger.

cara – 055

Outra versão de uma careta com óculos/máscara.

(…) a sensibilidade é a melhor máscara do egoísmo, o seu advogado de defesa mais eficaz, pela convicção daquilo que diz, mesmo que seja falso. Estão todos, estamos todos angustiados e sensíveis, tão sensíveis à dor do outro a ponto de a tirarmos da nossa frente para não nos estragar o apetite. Há pessoas, escrevia Bernanos, tão sensíveis que não podem ver sofrer nem uma pequena criatura, esmagando-a de imediato para não a verem sofrer.
Instantâneos de Claudio Magris (pág. 103)

livros na palete – posição 019

Aproveitando os descontos acumulados e a promoção de 50% comprei estes livros por apenas 5,95€. Uma boa compra…

  • Ouro, Prata e Silva de Miguel Szymanski
  • Confissões de Uma Máscara de Yukio Mishima
  • A Carne de Rosa Montero

de lado – 0051

Hoje vi uma mulher tão feia, mas tão feia; realmente tão feia que estava, naturalmente, disfarçada com uma máscara de Halloween – naturalmente!