Tag Archive for: michel onfray

leituras em 2019

01 Jan
01.01.2020

Para me manter na crista da onda vou tentar listar, por que a vida também se faz de listas, alguns dos livros que me satisfizeram ACIMA da MÉDIA em 2019.

  1. Contos de S. Petersburgo por Nikolai Gogol
  2. O Céu Que Nos Protege por Paul Bowles
  3. A Conjura por José Eduardo Agualusa
  4. O Vendedor de Passados por José Eduardo Agualusa
  5. Um Estranho Numa Terra Estranha por Robert A. Heinlein
  6. Comer/Beber por Filipe Melo e Juan Cavia
  7. Barroco Tropical por José Eduardo Agualusa
  8. A Nuvem de Smog e a Formiga Argentina por Italo Calvino
  9. Babilónia por Yasmina Reza
  10. Devias Ter-te Ido Embora por Daniel Kehlmann
  11. Hotel Silêncio de Auður Ava Ólafsdóttir
  12. Matadouro Cinco de Kurt Vonnegut
  13. A Trilogia de Nova Iorque de Paul Auster
  14. Estação das Chuvas de José Eduardo Agualusa
  15. A Contraluz de Rachel Cusk
  16. 1Q84 (volume 1) de Haruki Murakami
  17. Astonishing X-Men – livro um
  18. Doutor Sonho de Stephen King
  19. Samitério de Animais de Stephen King
  20. Elevation de Stephen King
  21. Teoria da Viagem. Uma poética da Geografia de Michel Onfray
  22. Os Meus Heróis Foram Sempre Drogados de Ed Brubaker e Sean Phillips
  23. Como a Sombra Que Passa de Antonio Muñoz Molina
  24. Blacker Against the Deep Dark by Alexander Zelenyj
  25. Viagem por África de Paul Theroux
  26. O Periférico de William Gibson

teoria da viagem. uma poética da geografia de michel onfray

21 Out
21.10.2019

Que excelente descoberta. Que leitura sumarenta. Um livro realmente espectacular.

Começou bem a minha aventura pela “Terra Incógnita“, colecção de livros de viagem da Quetzal Editores.


Tradução de Sandra Silva

17 Out
17.10.2019 A dor não traz nada de positivo neste processo de descoberta de si. Não aprendemos nada de essencial sobre a nossa intimidade ao voltar contra nós o impulso de morte e ao tentar transfigurar esse movimento em estética do sofrimento. Já nos basta o negativismo em pequenas doses injetadas naturalmente pelo real, não é necessário acrescentar energia negra e malévola.
Teoria da Viagem. Uma Poética da Geografia de Michel Onfray (página 75)

17 Out
17.10.2019 Quanto a mim, adoro o avião, que aguarda o seu Marinetti ou o seu poeta futurista antifascista, pois o avião induz uma outra metafísica, contribui para uma nova perceção do tempo e do espaço. Antes dele, estas formas a priori da sensibilidade kantiana deduziam-se fisicamente, hoje constatam-se experimentalmente: o tempo é espaço, velocidade, deslocação, é a translação num espaço intermédio, bem como uma perceção corporal e subjetiva, uma sensação individual e pessoal. Não há tempo absoluto, nem uma ideia do tempo face à eternidade ou ao movimento, mas apenas a pura consciência de si apreendida em durações variáveis.
Teoria da Viagem. Uma Poética da Geografia de Michel Onfray (página 67)

16 Out
16.10.2019 A VIAGEM COMEÇA NUMA BIBLIOTECA. Ou numa livraria. Misteriosamente, ali prossegue, na claridade de razões antes recalcadas no corpo. Assim, antes do nomadismo deparamo-nos com o sedentarismo das estantes e salas de leitura, ou mesmo dos lares onde se acumulam as obras, os atlas, os romances, os poemas, e todos os livros que, de uma forma ou de outra, contribuem para a formulação, realização, concretização da eleição de um destino.
Teoria da Viagem. Uma Poética da Geografia de Michel Onfray (página 27)

no interior: “teoria da viagem. uma poética da geografia”

15 Out
15.10.2019

Vinheta (um planisfério) existente no interior do livro “Teoria da Viagem. Uma Poética da Geografia” de Michel Onfray editado pela Quetzal Editores na colecção Terra Incógnita.

15 Out
15.10.2019 Os pastores percorrem vastas extensões, pastam os seus rebanhos sem preocupações políticas ou sociais (…) os camponeses instalam-se, constroem, erguem, edificam aldeias (…). O capitalismos pode nascer e com ele irromper a prisão. Tudo o que recusa esta nova ordem nega o social: o nómada inquieta o poder, tornando-se incontrolável como um eletrão livre e impossível de perseguir, logo, de fixar, de convocar.
Teoria da Viagem. Uma Poética da Geografia de Michel Onfray (páginas 14 e 15)

livros na palete – posição 008

01 Ago
01.08.2019

Uma nova remessa de livros recebidos. De tudo um pouco. Mais livros de viagem e quatros autores para descobrir:

Um novo de José Eduardo Agualusa: A Rainha Ginga; e a sequela de The Shining, Doutor Sono.

Doutor Sono de 2013 ganhou o prémio Bram Stoker Award para o melhor romance. E tudo aponta que a 08.11.2019 será exibido um filme com o mesmo nome.

Uma encomenda de livros em inglês. Dois autores desconhecidos: Larry Niven e Paolo Bacigalupi.

  • The Windup Girl de Paolo Bacigalupi
  • Monday Starts on Saturday de Arkady & Boris Strugatsky
  • Ringworld de Larry Niven
  • Broken Angels de Richard Morgan

As últimas aquisições de Julho:

Uma edição limitada a comemorar os 10 anos do lançamento do livro A Catedral do Mar de Ildefonso Falcone; edição pela Suma de Letras.

E “O Menino Nicolau e os Amigos” de Goscinny e Sempé.

E a prenda de anos da minha mais-que-tudo.

O sexto volume da Saga Witcher de Andrzej Sapkowski.

terra incógnita

19 Mar
19.03.2019

Terra Incognita é o nome da nova coleção de literatura da Quetzal. Mais do que livros de viagens, com um formato especial, a Terra Incognita reúne títulos e autores que desprezam a ideia de turismo e fazem da viagem um modo de conhecimento. O relato de viagens é, provavelmente, o género literário mais comum desde o princípio dos tempos. Hoje, quando o mundo é um gigantesco ecrã onde tudo está já conhecido, a única coisa que nos resta é o espírito da viagem. Se já não vamos à procura do exótico e do belo, nem do irrepetível, esses livros transmitem uma sabedoria que nos devolve a ilusão e a alegria da viagem. Nada mais natural, portanto, do que uma coleção inteira e propositadamente dedicada ao tema – com estes livros, nenhum mapa vai ficar fora da nossa imaginação.

Quetzal Editores

Para quem, como eu, adora literatura de viagens e muito mais, esta será uma colecção imprescindível.

Já tenho na minha lista de compras os livros:

A LISTA DO QUE JÁ FOI EDITADO [1]


[1] a actualizar conforme os meus desejos

© 1999.2020 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!