Artigos

o homem que escrevia azulejos de álvaro laborinho lúcio

A Cidade e a Montanha vigiam-se mutuamente, num jogo de espelhos e de contrários, numa geometria de centros e periferias, num enredo de poderes e de ocultações, onde muitas são as maneiras de viver a clandestinidade e muitas são as clandestinidades: escondidas, distantes; umas, vividas; outras, à vista de todos. Dois homens, Marcel e Norberto, atravessam, juntos, todo o tempo de uma vida. Escolheram, para viver, a ficção, e é nela que são clandestinos. Com eles vêm encontrar-se João Francisco e Otília. Ele, violinista e professor de música, ela, a sua jovem neta, ambos na busca incessante do sublime, também eles recusados pela realidade. Um homem que escrevia azulejos – que reencontrou a utopia e gostava da sátira – reparou neles e pintou-os com palavras.

Quetzal Editores

Gostei do que li. Um livro que convida à reflexão de “nós e dos outros” e do conhecimento como instrumento de, digamos… redenção.

as artes

Se todos sabem o que é a sétima arte, quais são as outras?

  • 1ª Arte — Música
  • 2ª Arte — Artes Performativas
  • 3ª Arte — Pintura
  • 4ª Arte — Escultura
  • 5ª Arte — Arquitectura
  • 6ª Arte — Literatura
  • 7ª Arte — Cinema 
  • 8ª Arte — Fotografia
  • 9ª Arte — Banda Desenhada
  • 10ª Arte — Jogos de Computador
  • 11ª Arte — Arte digital 

galo com saxofone por testa

Aqui estou abraçado a uma escultura de metal realizada pelo meu Tio João, de seu nome artístico TESTA. Na minha mão o livro A Sociedade de Sonhadores Involuntários.

a começar

Quando apanho boleia para o meu local de trabalho gosto de esperar durante, cerca de, quinze minutos e aproveitar o tempo para ler. Assim estou preparado para o dia que se inicia. Se for a pé a deslocação é feita ao som da música. Momento para o pensamento divagar alegremente.

Se esta rotina se quebra será um dia maldito.

canto nómada de bruce chatwin

Canto Nómada (The Songlines) de Bruce Chatwin, editado pela Quetzal Editores na colecção Terra Incógnita, foi uma leitura deslumbrante.

Será que a linguagem começou como música?

Tradução de José Luís Luna

no interior: “as mulheres do meu pai”

Vinheta no interior do livro “As Mulheres do Meu Pai” de José Eduardo Agualusa editado pela Quetzal.

retrato do carteiro joseph roulin por vincent van gogh

No livro “A Morte do Comendador” o autor fala de pintura e de música, não fosse Haruki Murakami um melómano assumido. A páginas tantas fala-se do Retrato do Carteiro Joseph Roulin pintado por Vincent van Gogh e aqui está ele.

embondeiro

Embondeiro cantado por Mariza [1] e escrito por José Eduardo Agualusa.


[1] É tão grande e resistente como embondeiro

na canção “Quem me Dera”

sobre o blog

porta VIII is my personal site. Grab a beer and sit tight. Are you comfortable? Take a look around to the new stuff and adventure trough the archives.
And if you want to know more about me, you will need another beer, belgium preferably and a lot of patience.
Why?
You will know as soon as you find out more about me.

This then? This is not a book. This is libel, slander, and defamation of character. This is not a book, in the ordinary sense of the word. No, this is a prolonged insult, a gob of spit in the face of Art, a kick in the pants to God, Man, Destiny, Time, Love, Beauty… what you will.

Henry Miller

Sou contra “ab ovo ad mala“.
Não defendo uma linha linear de pensamento. Não é minha intenção deificar qualquer tema e God is a theme nothing more.


eXiLeZoNe aKa PoRTaViii já teve dois nomes. Quando iniciei a criação do site chamava-se exilezone. A mudança surge após a audição de um álbum, editado em 1994, do grupo Stoa, intitulado Porta VIII. A música de contornos góticos é sublime, majestosa, perturbadora; e é essa última qualidade que me prendeu. Se o título do álbum é simpático a fonte de inspiração é avassaladora: vai “beber” a um trabalho de Maurice Maeterlinck [1862-1949], premiado com o Prémio Nobel em 1911, Ariane et Barbeblue [1901].


outras coisas

outras coisas que são de alguma/muita relevância para mim e que aqui se encontram como que ordenadas – filtradas do caos:


outros locais de mim

cá me podem encontrar onde estou a percorrer o mesmo caminho; a arrotar bom dia, boa tarde, boa noite, e por vezes um até já.

…renúncia / disclaimer

algumas imagens/textos não são da minha autoria. quando isso acontece essa informação é fornecida.

a publicação dessas imagens/textos é apenas para fins informativos, sem fins lucrativos.
se por qualquer razão um autor achar que uma imagem/texto prejudica os seus interesses, agradeço que comunique isso ao autor do blog.

Tudo que consta no porta VIII é a minha opinião (excepto comentários escritos por outros, que são as suas opiniões, citações e/ou imagens devidamente identificadas). Eu tenho opiniões fortes. Se por vezes, alguém não concordar com essas opiniões ou como eu escolho expressá-las isso não é problema meu. Eu não faço questão de ser imparcial, justo ou agradável. Coloco o que quero aqui. Se se sentir ofendido não é razão para eu parar de fazer o que faço e como o faço. O porta VIII é meu e é gerido como me apetece. O visitante não tem qualquer voto. Se tentar sugerir que sim, eu possivelmente serei rude.

some images/texts are not my own. when this happens the information is provided.

the publication of this images/texts is for information only, not for profit.
if for any reason an author find a image/text that affect his interests, please communicate it to the blog author.

Non c’è niente di meglio che stare in silenzio
E pensare al meglio
Ha un’estate leggera che qui ancora ancora non c’è
E tutta la vita
Gira infinita
Senza un perché
E tutto viene dal niente
Niente rimane senza di te
E tutta la vita gira infinita
Senza un perché
E tutto viene dal niente e niente rimane senza di te

Lei non parla mai
Lei non dice mai niente

Senza un perché, Nada

Páginas

sobre o blog

porta VIII is my personal site. Grab a beer and sit tight. Are you comfortable? Take a look around to the new stuff and adventure trough the archives.
And if you want to know more about me, you will need another beer, belgium preferably and a lot of patience.
Why?
You will know as soon as you find out more about me.

This then? This is not a book. This is libel, slander, and defamation of character. This is not a book, in the ordinary sense of the word. No, this is a prolonged insult, a gob of spit in the face of Art, a kick in the pants to God, Man, Destiny, Time, Love, Beauty… what you will.

Henry Miller

Sou contra “ab ovo ad mala“.
Não defendo uma linha linear de pensamento. Não é minha intenção deificar qualquer tema e God is a theme nothing more.


eXiLeZoNe aKa PoRTaViii já teve dois nomes. Quando iniciei a criação do site chamava-se exilezone. A mudança surge após a audição de um álbum, editado em 1994, do grupo Stoa, intitulado Porta VIII. A música de contornos góticos é sublime, majestosa, perturbadora; e é essa última qualidade que me prendeu. Se o título do álbum é simpático a fonte de inspiração é avassaladora: vai “beber” a um trabalho de Maurice Maeterlinck [1862-1949], premiado com o Prémio Nobel em 1911, Ariane et Barbeblue [1901].


outras coisas

outras coisas que são de alguma/muita relevância para mim e que aqui se encontram como que ordenadas – filtradas do caos:


outros locais de mim

cá me podem encontrar onde estou a percorrer o mesmo caminho; a arrotar bom dia, boa tarde, boa noite, e por vezes um até já.

…renúncia / disclaimer

algumas imagens/textos não são da minha autoria. quando isso acontece essa informação é fornecida.

a publicação dessas imagens/textos é apenas para fins informativos, sem fins lucrativos.
se por qualquer razão um autor achar que uma imagem/texto prejudica os seus interesses, agradeço que comunique isso ao autor do blog.

Tudo que consta no porta VIII é a minha opinião (excepto comentários escritos por outros, que são as suas opiniões, citações e/ou imagens devidamente identificadas). Eu tenho opiniões fortes. Se por vezes, alguém não concordar com essas opiniões ou como eu escolho expressá-las isso não é problema meu. Eu não faço questão de ser imparcial, justo ou agradável. Coloco o que quero aqui. Se se sentir ofendido não é razão para eu parar de fazer o que faço e como o faço. O porta VIII é meu e é gerido como me apetece. O visitante não tem qualquer voto. Se tentar sugerir que sim, eu possivelmente serei rude.

some images/texts are not my own. when this happens the information is provided.

the publication of this images/texts is for information only, not for profit.
if for any reason an author find a image/text that affect his interests, please communicate it to the blog author.