Artigos

hallowed raiment

Fui cerca de 6 vezes a Shadow Labyrinth. E 5 vezes o murmur foi “down“.
Antes de ter mudado de server o Hallowed Garments foi ninjado, roubado, por um shadow priest que coleccionava gear de healing. Há pessoal que tem o gear de domingo e o gear da semana. O holy priest, eu, que se lixe. Pode esperar.

Ontem de tarde a convite de Bezainas fui a Shadow Labyrinth já com o primeiro boss down e no Grandmaster Vorpil dropou-me Hallowed Pauldrons. Obrigado pelo convite mate.

Não tive a mesma sorte no Murmur. Os drops foram Whispering Blade of Slaying e Greatsword of Horrid Dreams.

lindoo

netherspite

Ontem fui a Karazhan com a minha nova guild.
Devo dizer que foi uma run espectacular.
Bons loots.
Boa camaradagem.
Bom ambiente no ventrilo.

Já não divertia assim no wow à muito tempo, mesmo muito tempo.

No Netherspite lembro-me deste drop:
Shining Chain of the Afterworld

terestian illhoof

nightbane

Lembro-me deste drop: Nightstaff of the Everliving

Ganhei 6 Badge of Justice. Muito bom.

uauuuuuuu

lido por ali ou por acolá!

It’s just a game.
Have fun.
Be happy.

Fala-se muito do vício viciante dos mmorpg, em particular do wow. Daí que escrevo sobre o meu vício.
Se puder jogar. Jogo. Não me lembro de ter relegado a minha família para jogar wow. Depois disso parei por 1 ano. Tinha as prioridades trocadas.
Actualmente jogo mais relaxado. Com metas a atingir. Mas devidamente equilibrado.

P.S. mudei o meu char aleluia de server. Regresso ao Trollbane.

bored

Não será de estranhar que esteja mais uma vez aborrecido com o meu priest. Não é do tempo, nem da constipação. Por uns tempos fico excitado em jogar com ele e até faço umas instances. Obtenho um bom drop. Faço as dailys, aumento alguma reputation. Para de seguida o esquecer. Ciclicamente.

Não tiro utilidade ao priest como desejava. É frustrante ter mudado a spec para holy e de repente deixar de haver membros suficientes para Kara; ou em 10 partys ser pretendido um pala ou shammy para healer. Cansado de ser ió-ió. Hoje holy, amanhã dps. E para que fique registado sou um bom healer.

Por isso, vou subindo a um bom ritmo o meu hunter. Hoje chega a 56.

ghost wolf: o mais recente, pet

ghost wolf

Tendo em conta que o meu hunter tem, actualmente, o saber ghost como main pet será interessante tentar o “tame” neste novo ghost pet.

Precisava que o meu amigo Paxo fizesse os Drums of Battle para aumentar a velocidade do tame. Na falta posso tentar obter isto Mystical Skyfire Diamond.

Dropou isto Lightsworn Hammer para o meu priest na run a SH (hellfire). Após uma análise mais cuidada o Hammer of the Penitent é ligeiramente superior. Fico com este último que me dropou no dia anterior em Mechanar.

Terá de ser feita outra run para o drop das Demonblood Eviscerator para o meu stealth friend.

imagens retiradas do site
http://www.maniasarcania.com/

cores

Gosto do colorido da imagem.

70

Tenho pensado com alguma regularidade no ser “70“. Reparo que para a maior parte dos jogadores, pelo menos isso dizem, que o verdadeiro wow começa a level 70. A verdade é que é a segunda vez que chego ao fim de “levelar” e fico aborrecido com o jogo. Fico-me sem objectivos. Perco a diversão. Os melhores tempos do jogo foram passados em STV a gankar e a ser gankado. Foram em suma a subir. Será como diz Kyla que não descobri a minha verdadeira classe, que devo “levelar” a classe que estou sempre a dizer que adoro, mas que vai ficando sempre para segundo plano.

Ou sou muito complicado, mas mesmoooooooooo muito complicado.

hummm

Quando “levelei” o priest foi com um certo objectivo.
Objectivo inexistente actualmente.
Assim, tenho 2 opções:

  • Continuo a jogar noutra guild.
  • Apago o char.

Nada como uma purga para começar sem distracções com a minha classe de eleição.

shadow labyrinth

Após 2 meses de ter o meu neco sem objectivos, porque acabamos por ir na corrente, decide abraçar um convite e mudei de guild.

murmur

Chegou a altura de progredir com o meu holy priest de forma sustentada. E apesar da rep para heroic mode ter “descido” com o patch 2.3 foi a pensar em farmar rep com Lower City que entrei em SL.

A party inicialmente composta por 1 priest, 1 warlock, 1 mage, 1 druid e 1 warrior (o warrior foi compulsivamente substituído por um rogue) e depois por um amigo rogue (se podemos pensar que os rogues possam ser nossos amigos) atingiu sem maiores sobressaltos o Murmur.

Foi divertido.

Nada comparado com a altura em que se fazia Molten Core (yep sou um cota no wow) com 40 necos.