Tag Archive for: quetzal editores

no interior: “o homem que escrevia azulejos”

04 Ago
04.08.2020

Vinheta no interior do livro O Homem Que Escrevia Azulejos de Álvaro Laborinho Lúcio, publicado pela Quetzal Editores.

Aqui temos um violino e, pois, o arco de violino.

dualidades

04 Ago
04.08.2020
terry
gregory

As duas capas do livro Sucesso de Martin Amis.

04 Ago
04.08.2020 Ursula evitou-me durante vários dias. Eu evitei-a. Gregory evitou-me. Eu evitei-o. Ele também a evitou, a ela, e ela evitou-o a ele (tenho quase a certeza), o que trouxe algum conforto. Estávamos sempre quase a tropeçar uns nos outros, inevitavelmente. Gostava que pudéssemos deixar de nos evitar o tempo suficiente para chegarmos a acordo quanto a evitar-nos como deve ser.
Sucesso de Martin Amis (página 233)

sucesso do ovo

03 Ago
03.08.2020

Quase sempre a vinheta no interior dos livros da Quetzal Editores têm como ponto de partida algumas palavras da história. A maior parte das vezes não coloco essa referência pois a descubro dias, ou semanas após colocação do post. No presente caso, porque sim, coloco a referência ao ovo da vinheta do livro “Sucesso” de Martin Amis.

(…) Lembro-me de que acabava de despachar a cozinheira com umas palavras duras sobre a consistência do meu ovo quente e, enquanto esperava os 285 segundos necessários à preparação do substituto, recostei-me na cadeira estimulando o paladar com um pedaço de torrada e Gentleman’s Relish.

página 63

02 Ago
02.08.2020 (…) Odeio dormir, de qualquer modo (e quem me dera não sonhar tanto). Nem sei porque é que ainda me ralo com isso. Tudo pode acontecer quando se está a dormir. Dormir só serve para apanharmos areia nos olhos.
Sucesso de Martin Amis (página 37)

no interior: “sucesso”

01 Ago
01.08.2020

Vinheta no interior do livro Sucesso de Martin Amis desenhada por Rui Rodrigues. Edição pela Quetzal Editores.

os vivos e os outros de josé eduardo agualusa

28 Jul
28.07.2020

Outro livro maravilhoso de José Eduardo Agualusa.

Livro poético, apaixonante – de vozes tão diferentes, mas harmoniosas. Uma sinfonia de palavras.

27 Jul
27.07.2020 — O que faz aqui? — pergunta Juvêncio
— Morro.
— Como?!
— Morro, senhor polícia. Vim para morrer. É um serviço que me leva o tempo todo.
Os Vivos e Outros de José Eduardo Agualusa (páginas 216/217)

no interior: “os vivos e os outros”

17 Jul
17.07.2020

Vinheta no interior do livro Os Vivos e os Outros de José Eduardo Agualusa.

o papagaio de faulbert de julian barnes

08 Jul
08.07.2020

Amo Gustave Flaubert. Os romances Madame Bovary, Educação Sentimentale e Salammbô, o conto Um Coração Simples são magistrais.

Quando descubro assim como en passant o livro O Papagaio de Flaubert de Julian Barnes sabia que o tinha de ler. Não desaponta. Vai além do esperava.

Tradução de Ana Maria Amador

© 1999.2020 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
beam me up, scotty!