Artigos

a torre negra de stephen king

Roland Deschain e o seu ka-tet viajaram juntos e separadamente, espalhados por múltiplas camadas de mundos, inúmeros quandos e ondes. O destino de Roland, Susannah, Jake, do padre Callahan, Oy e Eddie prende-se com a própria Torre, que agora os puxa para mais perto de si, para fim de todos e novos inícios… e para um turbilhão de emoções, violência e descoberta.

Wook


— Longos dias e noites agradáveis, Nancy Deepneau.

A Torre Negra de Stephen King (página 528)

Final excelente para uma saga monumental e fenomenal. Realmente o final ideal, pois o Ka é uma roda.

A introdução do Artista como nova personagem, a atmosfera negra – tudo está bem balanceado, até a metaficção se aceita e compreende. (Nisto Rhys Hughes é o senhor.)

Uma saga que nunca desapontou. E que demorou uns três anos a ler – calmamente.

Tradução: Rosa Amorim

a canção de susannah de stephen king

Na sua viagem em direção à torre, Roland e o seu ka-tet enfrentam adversidades sem fim: Susannah Dean foi levada por um demónio-mãe e usa a Treze Negra para ir para Nova Iorque. Mas quem é o pai da criança? E que papel desempenha o Rei Rubro nesta história? Roland envia Jake para tentar desviar Susannah do seu terrível destino, ao passo que ele próprio se dirige ao Maine para conversar com um certo Stephen King, autor de Salems Lot: A Hora do Vampiro.

Wook

A Canção de Susannah, sexto volume da Torre Negra, não desaponta. Esta saga continua a ser fenomenal.

Tradução: Rosa Amorim

the little sisters of eluria by stephen king

Esta história, “As Irmãzinhas de Eluria” de Stephen King, incluída no livro Boleia Arriscada (“Everything’s Eventual”, no original), decorre no mundo da saga Torre Negra e segue as aventuras da personagem Roland de Gilead.

Não estava a contar com isso.

livros na palete – posição 016

Durante a semana passada fui adquirindo uns livros. Aqui está a linda imagem e a relação dos livros.

the outsider by stephen king

Outra história mirabolante, delirante de Stephen King. Autor que nos consegue convencer que o sobrenatural existe.

Numa história em que nada parece ser o que é, e ainda nos é oferecida a participação de Holly Gibney, nossa conhecida de Sr. Mercedes, o que melhora uma história boa já por si.
O conceito de “Ka” dos livros da Torre Negra é igualmente mencionado no livro.


Parece que está prevista uma adaptação da história para a televisão. Deve ser outro desastre – o habitual.

a saga: guerra dos tronos

A saga Guerra dos Tronos de George R. R. Martin serve agora de bitola para definir o que é bom ou mau nos livros de fantasia, quando existem obras que são de longe superiores, como:

Irritante!